RSS Facebook

Fórum de Segurança Alimentar do Portal HACCP

Notícias: Actualmente este fórum apenas está acessivel a utilizadores registados. Junta-te à nossa comunidade e efectua o teu registo!
Olá, Visitante. Por favor entre ou registe-se se ainda não for membro.
Perdeu o seu e-mail de activação?

Autor Tópico: Formação  (Lida 25451 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline maria

  • Membro Junior
  • **
  • Mensagens: 48
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Formação
« em: Abril 11, 2007, 02:50:54 pm »
Boa Tarde a todos

Gostaria se saber se no âmbito do HACCP, existe alguma recomendação legal sobre o número minimo de horas de formação!
eu considero que a formação deve ser doseada de acordo com cada caso em particular, e não tenho conhecimento de nº minimo de horas, mas gostava de confirmar.

abraços

maria maia


Offline Joana

  • Membro Junior
  • **
  • Mensagens: 79
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #1 em: Abril 11, 2007, 03:37:43 pm »
Que tenha conhecimento não exsite qualquer obrigação nesse sentido.

Joana Oliveira

Offline cfcmatos

  • Novato
  • *
  • Mensagens: 4
  • Reputação: 0
  • Sexo: Feminino
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #2 em: Abril 13, 2007, 04:29:16 pm »
Boa tarde, também penso que não há um número mínimo definido depende do cargo da pessoa e as necessidades da empresa.

No entanto gostaria de colocar uma questão. Qual a vossa opinião sobre a formaçaõ certificada é ou não obrigatório toda a formação dada na empresa ser certificada.

Cumprimentos,

Cristina Matos

Offline Fernando Rocha

  • Super Membro
  • *****
  • Mensagens: 542
  • Reputação: 12
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #3 em: Abril 13, 2007, 04:44:31 pm »
Boa tarde, também penso que não há um número mínimo definido depende do cargo da pessoa e as necessidades da empresa.
No entanto gostaria de colocar uma questão. Qual a vossa opinião sobre a formaçaõ certificada é ou não obrigatório toda a formação dada na empresa ser certificada.
Cumprimentos,
Cristina Matos

É conveniente ser porque: 1º - vai contar como formação obrigatória por Lei que as empresas têm que dar.
2º - é uma mais valia para os colaboradores - curriculo
3º - porque é certificada!!
Rastreabilidade não é um palavrão! É uma dor de cabeça para todos!

Offline milovac

  • Novato
  • *
  • Mensagens: 5
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #4 em: Abril 13, 2007, 05:28:40 pm »
Boa tarde, também penso que não há um número mínimo definido depende do cargo da pessoa e as necessidades da empresa.
No entanto gostaria de colocar uma questão. Qual a vossa opinião sobre a formaçaõ certificada é ou não obrigatório toda a formação dada na empresa ser certificada.
Cumprimentos,
Cristina Matos

É conveniente ser porque: 1º - vai contar como formação obrigatória por Lei que as empresas têm que dar.
2º - é uma mais valia para os colaboradores - curriculo
3º - porque é certificada!!


Boa tarde,

concordo com os dois ultimos pontos que bem referenciou caro colega....

mas em relação à obrigação por lei da formação já não sei se poderei estar de acordo. No nosso enquadramento legal ainda não descobri nada que fizesse menção à formação (tipo de formação, nº de horas, etc) no âmbito da segurança alimentar, assim como existe no campo da segurança e higiene no trabalho.

Estarei enganado, ou isso só vem mencionado no código do trabalho?


Bom fim de semana a todos.

Offline fm -> Higisado

  • Novato
  • *
  • Mensagens: 1
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #5 em: Abril 14, 2007, 01:31:42 pm »
Boa Tarde a todos

Gostaria se saber se no âmbito do HACCP, existe alguma recomendação legal sobre o número minimo de horas de formação!
eu considero que a formação deve ser doseada de acordo com cada caso em particular, e não tenho conhecimento de nº minimo de horas, mas gostava de confirmar.

abraços

maria maia


Boa tarde

pelo conhecimento que tenho pelo codigo do trabalho artº 654 formação profissional nº 4

" o numero minimo de horas de formação certificada a que se refere o numero anterior é de trinta e cinco horas a partir de 2066"

é da competência do empregador garantir um numero de horas de formação anuais a cada trabalhador

codigo do trabalho lei 99/2003 de 27/08

cump
FM


Offline maria

  • Membro Junior
  • **
  • Mensagens: 48
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #6 em: Abril 19, 2007, 06:35:25 am »
olá a todos

obrigada pelas respostas,

em relação ao código de trabalho, não é referido especificamente a área da segurança alimentar, daí a minha dúvida.

relativamente à questão certificação, é controversa: falamos de formadores com CAP ou empresa certificada IQF?
O primeiro caso é o mais vulgar, normal, usual.
O segundo caso, acho mais complicado de se verificar na prática.

mais uma vez obrigado pelos contributos :)
abraços
maria maia

Offline Joana

  • Membro Junior
  • **
  • Mensagens: 79
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #7 em: Abril 19, 2007, 08:57:13 am »
relativamente à questão certificação, é controversa: falamos de formadores com CAP ou empresa certificada IQF?
O primeiro caso é o mais vulgar, normal, usual.
O segundo caso, acho mais complicado de se verificar na prática.

A questão não é controversa! Aquilo a que a legislação chama de "formação certificada" não está ainda regulamentado, podendo assim ter os dois entendimentos, havendo um terceiro (menos palusível): formação que no final dá acesso a emissão de um certificado.

Joana

Offline nuno correia

  • Membro Junior
  • **
  • Mensagens: 59
  • Reputação: 0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #8 em: Abril 19, 2007, 05:05:18 pm »
Em relação a esta questão também tenho duvidas.
Quando tirei o meu CAP (2004), na altura todos os meus formadores me disseram que podia passar uma Declaração de que o formando x esteve presente na formação y com os módulos e horas w, etc....

E a minha questão é esta:
Será que a inspecção (ASAE) aceita esta dita declaração??
Obviamente com cópia do CAP e CV na pasta da formação.


Offline Joana

  • Membro Junior
  • **
  • Mensagens: 79
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #9 em: Maio 02, 2007, 10:43:17 am »
Em relação a esta questão também tenho duvidas.
Quando tirei o meu CAP (2004), na altura todos os meus formadores me disseram que podia passar uma Declaração de que o formando x esteve presente na formação y com os módulos e horas w, etc....

E a minha questão é esta:
Será que a inspecção (ASAE) aceita esta dita declaração??
Obviamente com cópia do CAP e CV na pasta da formação.


´

Do meu ponto de vista, se a legislação não regulamentou ainda o que é "formação certificada" nem quais as competências necessárias para dar fomação nesta área, a entidade fiscalizadora terá de aceitar como "formação certificada" a formação dada por formadores com CAP.

Joana

Offline Odete Cunha

  • Membro Total
  • ***
  • Mensagens: 105
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #10 em: Maio 08, 2007, 11:50:08 am »
Esta formação não conta como formação certificada. Só contam como formação certificada se além do CAP de formador, da experiência profissional e do curso profissionalizante também estivermos associados a uma entidade formadora certificada para dar formação. Infelimente só esta é considerada certificada!  :-\
Odete Cunha

Offline Joana

  • Membro Junior
  • **
  • Mensagens: 79
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #11 em: Maio 08, 2007, 12:49:23 pm »
Esta formação não conta como formação certificada. Só contam como formação certificada se além do CAP de formador, da experiência profissional e do curso profissionalizante também estivermos associados a uma entidade formadora certificada para dar formação. Infelimente só esta é considerada certificada!  :-\

Desculpe Odete, mas em que é que se baseia para fazer esta afirmação?

Não tenho conhecimento da regulamentação legal do que é "formação certificada" e sempre que tenho discutido este assunto com jurístas e responsáveis pela acreditação do IQF nas empresas em que laboram, nunca me foi definido, em concreto, aquilo a que a legislação chama de "formação certificada". Caso tenha conhecimento de alguma legislação neste sentido e/ ou pareceres de entidades oficiais, por favor partilhe connosco.

Obrigada,

Joana

Offline jluisfa

  • Membro Junior
  • **
  • Mensagens: 53
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #12 em: Maio 08, 2007, 01:11:04 pm »
"A acreditação da empresa prestadora do serviço de formação ou a escolha de um formador com certificado de aptidão profissional (CAP) para o exercício da sua actividade, constitui um critério de preferência na escolha do prestador da formação ou do técnico que ministrar as acções de formação em Higiene e Segurança Alimentar."

Fonte: www.asae.pt

Offline Joana

  • Membro Junior
  • **
  • Mensagens: 79
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #13 em: Maio 08, 2007, 01:17:05 pm »
"A acreditação da empresa prestadora do serviço de formação ou a escolha de um formador com certificado de aptidão profissional (CAP) para o exercício da sua actividade, constitui um critério de preferência na escolha do prestador da formação ou do técnico que ministrar as acções de formação em Higiene e Segurança Alimentar."

Fonte: www.asae.pt

Ora, pelo que me parece, afinal não estou enganada, é isso?  ???

Offline Odete Cunha

  • Membro Total
  • ***
  • Mensagens: 105
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Re: Formação
« Responder #14 em: Maio 08, 2007, 01:34:02 pm »
Joana,  :)

Infelizmente para todos nós que nos temos cruzado com essa dúvida, penso que ainda não existe legislação.

Contudo, do conhecimento que eu tenho e só baseado nisso, fiz a afirmação anterior.

De acordo com o código do trabalho todas as empresas deverão facultar aos formandos formação certificada.
Nós começamos a dar formação ao pessoal, dado sermos uma empresa com uma área vasta e com um quadro alargado de pessoal qualificado em diversas áreas. Contudo ao nosso Departamento de Recursos Humanos foi informado que essa formação não funciona para efeitos de formação certificada. (Vou tentar saber quem disse e baseado em quê...).

A justificação que me deram na altura foi que embora a pessoa que desse a formação tivesse qualificações para tal, não existia um sistema de validação da formação certificado, tais como metodologias, critérios de avaliação,.... todas aquelas coisas que nós sabemos que são obrigatórias existir e que obrigatoriamente estarão controladas pelo sistema de Certificação.

Na altura serviu o exemplo entre uma empresa certificada e uma não certificada. Não quer dizer que a que não está certificada não trabalhe melhor que a certificada, mas quer dizer que a certificada garante um conjunto de requisitos considerados válidos.

Para mim, isto bastou. Não sei se baralhei tudo e se também vos estou a baralhar com isto.

Continuo a pensar que formadores certificados é diferente de formação certificada.  :(

Mas já agora, ajudem-me se estiver enganada, que eu também vou tentar explorar melhor a minha fonte.   ;)
Odete Cunha

 

BloQcs design by Bloc
SMF 2.0.15 | SMF © 2016, Simple Machines
Página criada em 0.07 segundos com 25 procedimentos.