RSS Facebook

Fórum de Segurança Alimentar do Portal HACCP

Notícias: Este fórum pretende debater todos os problemas relacionados com a Segurança Alimentar. Faz parte da maior comunidade de Segurança Alimentar de Portugal....
Olá, Visitante. Por favor entre ou registe-se se ainda não for membro.
Perdeu o seu e-mail de activação?

Autor Tópico: Apresentação e dúvida de um não engenheiro alimentar =)  (Lida 1518 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline bitaites14

  • Novato
  • *
  • Mensagens: 1
  • Reputação: 0
    • Ver Perfil
Apresentação e dúvida de um não engenheiro alimentar =)
« em: Fevereiro 26, 2015, 05:10:35 pm »
Olá boa tarde o meu nome é Diogo Justino e sou licenciado em restauração e catering. Recentemente fui convidado a abraçar um projecto de  implementar o sistema de HACCP num supermercado e respectivo restaurante. Eu indiquei que provavelmente não seria a pessoa mais indicado porque apesar de ter tido formação na área aquando da licenciatura, não sou engenheiro alimentar. Ora informei-me e segundo a legislação portuguesa para se ser chefe de equipa de HACCP tem que se ter formação em HACCP mas não especifica que tipo de formação.

Ora a minha pergunta é se com orientação inicial de uma consultora na área e com os conhecimentos obtidos na licenciatura e numa simples formação de implementação de sistemas haccp, se é legal eu fazer a implementação do sistema ou se temos sempre de contar com uma entidade externa para fazer a monitorização do sistema, independentemente de ter um controlador de qualidade interno,ou não.

É de referir que o talho e a peixaria não são explorados pelo supermercado o que facilita imenso o meu trabalho.

Offline Claudete

  • Novato
  • *
  • Mensagens: 36
  • Reputação: 4
  • Sexo: Feminino
    • Ver Perfil
Re: Apresentação e dúvida de um não engenheiro alimentar =)
« Responder #1 em: Fevereiro 27, 2015, 02:46:27 pm »
Boa tarde.

De facto, nada obriga a que sejam engenheiros a implementar sistemas de segurança alimentar. Há muitos consultores técnicos com formação noutras áreas, nomeadamente Ambiente, Zootécnia, Farmácia até, entre outros.

Convém sim, que a pessoa responsável tenha conhecimentos e formação específica na área até porque sem formação como poderemos aconselhar e ajudar os clientes, quando eles próprios têm de ter formação mínima em princípios de higiene e segurança alimentar e HACCP?

Eu sou Engª Alimentar e senti-me na obrigação de após o curso ainda tirar uma formação de 25h em HACCP (entre outras - ridículo).

Se pretendes explorar os teus conhecimentos, há muitas entidades com esta formação, nomeadamente o CFPSA na Pontinha e ficas mais "confortável" para desempenhar essa função.

Por outro lado, nada obriga a que uma micro ou pequena empresa tenha de recorrer a um serviço externo para ter os requisitos em dia. A ASAE já emitiu comunicados acerca deste assunto.
"Consultoria em HACCP : A prestação de serviço de consultoria na área da segurança alimentar, onde se inclui o apoio técnico à implementação de procedimentos de segurança alimentar baseados nos princípios do sistema HACCP, não dispõe de regulamentação própria, designadamente quanto à categoria do profissional que a pode exercer ou mesmo quanto à necessidade de acreditação desse serviço.
Assim, não é necessária qualquer autorização para a prestação do serviço de consultoria, sendo os operadores das empresas do setor alimentar os responsáveis pelo cumprimento dos requisitos legais relativamente aos produtos que detêm, bem como pela verificação desses requisitos, conforme estipulado pelo artigo 17º do Regulamento (CE) nº 178/2002, de 28 de janeiro e no artigo 3º do Regulamento (CE) nº 852/2004 de 29 de abril e suas alterações, independentemente do contrato de prestação de serviços que possam celebrar com técnico/empresa de consultoria.
Atualizado em: março 2014"


Há empresas com responsáveis de qualidade, formados nesta área, que eles próprios desenvolvem e mantêm o sistema HACCP interno ou até o sistema simplificado (4C's).
 

Saiu em 2012 um projeto de norma (prNP 4511 de 2012) para entidades prestadoras de serviços externos em HSA -Regras específicas de funcionamento. Apesar de parecer que se começa a pensar em estabelecer critérios para o desempenho desta função, como existe para os técnicos de HSST, as coisas ainda não estão legisladas nesse sentido (que seja do meu conhecimento). Espreita esse projeto de norma e podes ver o que no mínimo, se deve ter para prestar esse serviço.


Espero ter ajudado.

 

BloQcs design by Bloc
SMF 2.0.15 | SMF © 2016, Simple Machines
Página criada em 0.068 segundos com 25 procedimentos.